terça-feira, 3 de janeiro de 2012

pensamentos

estava aqui a ler umas coisas sobre transportes quando surge esta seguinte frase:
"O número de acidentes de estrada na cidade aumenta todos os anos: hoje, um acidente mortal em cada três ocorre nas zonas urbanas, onde peões e ciclistas, por serem os mais vulneráveis, são as primeiras vítimas."
sim, é certo... mas lembrei-me logo de seguida que hoje quando vinha para o trabalho passei por um ciclista que ia tresloucado, rua fora, a madar atravessar uma "peoa", que não tinha bem a certeza se deveria colocar o seu pézinho no asfalto... (eu cá partilharia das dúvidas dela, se estivesse para atravessar e me aparecesse aquela figura sobre duas rodas... não sei se a coisa correu bem, não fiquei lá para ver...) e naquela altura pensei que o tipo era maluco. andar assim, pelas ruas de lisboa, àquela velocidade e sem capacete... e lembrei-me logo de um acidente de testemunhei à um mês, quando um outro ciclista que ia também a pedalar como se não houvesse amanhã, prendeu a roda da bicla no carril do electrico... e deu uma palhaça, quem nem imaginam... ficou logo ali estendido do chão!... e também não levava capacete...
bom, é certo essa coisa do número de acidentes e tal, mas as pessoas também não tentam diminuir a sua vulnerabilidade...

2 comentários:

AvoGI disse...

Na rua, todos nós somos vítimas.
kis .=)

Melancia disse...

AvoGi:
Lá isso é verdade!